Artigos, Reflexões, Notícias e Atualidades.
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  Conectar-seConectar-se  Registrar-seRegistrar-se  
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
Tópicos similares

Compartilhe | 
 

 Missionária canta num culto “o varão é meu” e expõe pentecostais!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Presbítero Maurício
Admin
avatar

Mensagens : 352
Data de inscrição : 27/07/2010
Idade : 58
Localização : Campos do Jordão SP Brasil

01022014
MensagemMissionária canta num culto “o varão é meu” e expõe pentecostais!




Cinco minutos de fama é uma expressão cunhada por experts da comunicação a fim de descrever o comportamento alucinado de algumas pessoas que fazem de tudo para aparecer na mídia. A maioria das figuras que agem assim tentam se aproveitar de todas as oportunidades para se lançarem na frente de apresentadores, repórteres ou agem de forma provocativa para atraírem nem que seja por pouco tempo os holofotes sobre si. Mas, para poucos a rápida popularidade (boa ou má) pode vir de modo despretensioso, a exemplo do que ocorreu há poucos dias quando uma “missionária” chateada com as investidas de outra mulher que começou a elogiar muito o marido dela, resolveu “espontânea e momentaneamente” compor um cântico de admoestação à “fulana assanhada” em sua própria ministração durante um culto.

O detalhe é que a composição sentimental e carregada de “autoridade exortativa”, foi não sei se de propósito filmada por outra pessoa que achando engraçado a tal “música da missionária”, resolveu postar na internet a pérola que acabou por virar hit ao ganhar em poucos dias visualizações de quase 10 mil pessoas (e deve aumentar) na grande rede. Não sei se a pregadora-cantora é pentecostal, mas quem assistir o vídeo vai deduzir que é. O dito “cântico” que ganhou na web o título de “Varão da Missionária”, além de fazer a gente cair na risada levanta uma importante reflexão, principalmente para nós pentecostais: O que temos visto e ouvido em nossos púlpitos como ministrações da parte de Deus? Como toda polêmica beneficia alguma parte, não duvido que a agenda da missionária (que é cantora e que omiti o nome por compaixão) em poucos dias estará lotada com mais convites só por conta do novo e engraçado “hit”, que a ninguém edifica.

Não deve existir outro grupo entre os evangélicos que esbarre mais na linha tênue de separação entre adoração e irreverência do que os pentecostais e neopentecostais, analisando do ponto de vista litúrgico e congregacional. Faço parte de uma igreja típica do pentecostalismo clássico e afirmo que por meio de muitas pregações e composições musicais uma variada “teologia de púlpito” é disseminada sem qualquer constrangimento entre nossos irmãos na fé. Pregadores e cantores com estilo marcante e caracterizados por oratória em elevados decibéis ou através de cânticos sugestivos a uma induzida glorificação sem reflexão aliado a ritmos que apelam a movimentos; transmitem “mensagens” inconsistentes de teor bíblico e “músicas” também com igual distanciamento escriturístico; alguns chegam a ser antibíblicos, de extremo mal gosto e absurda aplicação.

Pregações esquizofrênicas, cânticos triunfalistas, desabafos melódicos, confissões positivas, revelações extra bíblicas, teologia da prosperidade, falas e ações que parecem saturados de autoridade espiritual, mas que na prática são a manifestação de uma inconsequente irreverência (que tem consequências). Será preciso ainda mais derrapadas em “púlpitos santos” cheios da atuação de “gente ungida” com desenvoltura engraçada ou mais composições hilariantes e inaplicáveis para um culto como no caso da “missionária” para despertar os pentecostais acerca do descrédito que ampliam junto aos de fora do movimento? Sobram estripulias em nome de Jesus e faltam as maravilhas do Cristo numa posição de afirmativa unção (o púlpito), preenchido as vezes por pessoas carregadas de presunção, vazias de ética, bom senso e que por fim tornaram-se exemplos do que jamais deve-se fazer num culto público e dirigido a Deus.

http://colunas.gospelmais.com.br/pelo-irreverente-cantico-da-missionaria-varao-e-meu-vai-sobrar-para-os-pentecostais_8202.html
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.casadooleiro.livreforum.com

 Tópicos similares

-
» UM CULTO ESPECIAL CCB JANDIRA EM PINHAIS P.R
» Zilu Camargo faz selfie durante culto religioso
» Culto Itapevi CCMJ
» Visitas a congregação Cristã no Brasil (mas eles nos chama do barril)
Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

Missionária canta num culto “o varão é meu” e expõe pentecostais! :: Comentários

Nenhum comentário.
 

Missionária canta num culto “o varão é meu” e expõe pentecostais!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Brasil Cristão :: Colunistas :: Presbítero Maurício-
Ir para: